LONDON♥CALLING

15 Dez

      

 

 

 

♥by Anna

Agradecendo este espaço no blogue M21, espero trazer-vos um pouco da minha experiência deste ano que estou a passar em Londres. Não quero ir pelo lado turístico, mas pelo lado real da cidade, isto é, do meu ponto de vista. Por isso, este post dedico-o ao último grande evento que vivi aqui, e como Londres é especial, não faz assim tanto tempo. Só como nota introdutória à minha pessoa, digamos que estou nos meus “twenties”, a estudar cinema, e que sempre fui uma acérrima fã desta cidade, onde ainda me espanta estar a viver.

Então, para começar que comecemos pelos grandes. Grande cidade. Grandes eventos. Grandes vidas. Grandes exemplos de que cada um pode ter uma vida tão diferente e interessante, que as fotografias do seu gato de há 30 anos atrás nos chegam como coisas de real importância, como dizia o poeta, “dentro da importância que elas têm”.

Na passada Segunda-Feira, dia 5, fui ver o concerto do Paul McCartney, na O2 Arena, aqui em Londres. Fui ver, como diz uma amiga minha, quem corresponde, de momento, a metade da banda. A minha banda: The Beatles. Sem dúvida, e procurem a sombra desta que não a encontrarão.

Comprei o bilhete meses antes, o mais caro que me foi possível. Curiosamente, não foi o meu primeiro, mas sim o meu segundo concerto do (não ex-) Beatle (há cargos que são vitalícios). O primeiro foi há sete anos, em Lisboa. O baque não foi tão forte, mas foi brutal. Foi diferente. O concerto em si foi melhor, e o músico também. Talvez me inclua no lote das melhorias. Um grande espectáculo, ainda para mais quando pensamos que quem esteve em cima daquele palco durante duas horas e meia, e 35 músicas, sem parar, tem 69 anos de idade…e quase meio. Sem falar na presença do Rolling Stone, Ronnie Wood, no final do concerto!

Vinte mil pessoas, esgotado. De todas idades…mesmo. Muitos jovens, o que me deixou muito alegre, já que no sítio onde sempre vivi a música é datada e tachada como se quem ouve música tivesse que ser regido pelo estúpido e aleatório ano de nascimento.

E eu que ainda estava em convalescença por duas semanas antes ter estado a um metro de distância de Sir Ben Kinglsey, durante uma conferência. A mesma pessoa que acabou de estrear um filme do Martin Scorsese!

Mas o interessante disto tudo é que a reacção das pessoas aqui em Londres. Tudo isto é do mais normal que se possa imaginar. É a reacção de quem está habituado. A maioria que aqui vive vê um grande concerto como uma coisa normal. Uma grande exposição, digamos, Da Vinci, ou um acontecimento político-social, como um Obama, sem espanto. Ou a cidade faz-se de palco a uma banda de música que é capaz de mudar o mundo. E enquanto eu via aquele senhor, que no meu pouco regrado exagero – do qual eu não me envergonho – chamo de tio, apenas testemunhei ao vivo alguém que ajudou a moldar a forma como eu penso, visto, consumo e ouço…quem eu sou dentro da minha sociedade e como indivíduo. E a quem agradeço. Percebi esta vontade de agradecer, por exemplo, quando soaram os acordes C/Em/C/Em que abrem “Eleanor Rigby”, ou todos os de “The Long and Winding Road”, que me puseram a chorar em pinga. Aqui admito, foi demais! Mas comprovaram que de algumas cabeças, coisas tão simples como notas musicais, postas em sintonia e determinada ordem, podem criar momentos de genialidade. Momentos que estão à mão de poucos, mas aos ouvidos de muitos.

E o concerto foi ainda mais importante, porque o Paul, os Beatles, e todos os acontecimentos da década de 60, e depois 70, com o movimento punk, ajudaram, e muito, a pôr Londres de tal forma no mapa, que me convidaram a escrever para o M21.

 

Sessões White Album 1968

 

 

 

Sir Paul McCartney com Ronnie Wood no concerto na O2 Arena

 

**se estiverem interessados em saber o “setlist” das músicas que foram tocadas no concerto, acedam aqui.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: